Militante do núcleo de consciência negra da USP fala sobre a conquista das cotas
Sexta-feira, 14 de julho de 2017

Militante do núcleo de consciência negra da USP fala sobre a conquista das cotas

Após muita luta do movimento negro, a Universidade de São Paulo, uma das mais elitistas do país, anunciou no dia 4 de julho que irá adotar o sistema de cotas sociais e raciais para o ingresso de alunos a partir do ano de 2018. O chefe de redação do JustificandoBrenno Tardelli, bateu um papo com a integrante do núcleo de consciência negra da USP, Maria José Menezes, para falar sobre a conquista do sistema de cotas dentro da universidade.

 

“Essa é uma vitória coletiva do movimento negro, da população negra e indígena”.

 

Maria José falou sobre a militância histórica para alcançar essa vitória, como também trouxe sua visão sobre a efervescência dos mais jovens. De outro lado, apontou as novas frentes de batalha do movimento, ante a dificuldade de negros e negras de permanecerem na faculdade após o ingresso no vestibular.

Veja a entrevista na íntegra:

 

 

Sexta-feira, 14 de julho de 2017
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

[email protected]
Av Paulista, 1776, 13º andar, Cerqueira César
São Paulo/SP